Campo Grande (MS), Quarta-feira, 28 de Fevereiro de 2024

SUZANO

Suzano compartilha em vídeo avanços nas obras da sua nova fábrica em Ribas do Rio Pardo (MS)

Em janeiro foram destaques o início formação da pilha de biomassa, o primeiro acendimento da Caldeira de Força e a geração de água tratada no site industrial

10/02/2024

09:00

ASSECOM

©DIVULGAÇÃO

As obras de construção da nova fábrica de celulose da Suzano, referência global na fabricação de bioprodutos desenvolvidos a partir do cultivo de eucalipto, em Ribas do Rio Pardo (MS), seguem o cronograma com importantes avanços registrados até janeiro. O andamento das frentes de trabalho pode ser conferido em novo vídeo divulgado pela empresa por meio do link: https://bit.ly/video-avanco-obras.

Neste mês foram destaques o início formação da pilha de biomassa e a primeira etapa da fase de comissionamento. Esta etapa também promoveu o primeiro acendimento da caldeira de força, a montagem do enfardamento nas máquinas extratoras de celulose, das lamelas nos evaporadores e começaram as montagens dos turbogeradores na Casa de Força. Outro processo que teve início é a geração de água tratada no site industrial, estando agora disponível para as Caldeiras. 

Na área de obras especiais - compromissos relacionados ao cumprimento do Plano Básico Ambiental (PBA) , em janeiro foram realizadas a conclusão do telhado, piso, e esquadrias na nova delegacia da Polícia Civil; do piso cerâmico da Casa do Trabalhador; bem como a conclusão da estrutura metálica do telhado e alvenaria no projeto habitacional, onde estão sendo construídas 50 casas de interesse social que serão entregues à Prefeitura de Ribas do Rio Pardo. A empresa também concluiu em janeiro a Casa de Acolhimento e o posto da Estratégia de Saúde da Família.

A Suzano completou também o plantio do cinturão verde da fábrica e os túneis de passagem da fauna por baixo da BR-262. É possível notar no vídeo ainda o avanço na construção dos terminais portuários DPW e T32 e início das montagens dos equipamentos nas oficinas.

Projeto Cerrado

Anunciado em maio de 2021 e confirmado pelo Conselho de Administração da Suzano no início de novembro do mesmo ano, o Projeto Cerrado está recebendo investimento total de R$ 22,2 bilhões e, atualmente no pico da obra, está gerando cerca de 10 mil empregos diretos. Prevista para entrar em operação até junho de 2024, a nova fábrica – que será a unidade mais competitiva da Suzano –, vai produzir 2,55 milhões de toneladas de celulose de eucalipto por ano, empregando 3 mil pessoas, entre colaboradores próprios e terceiros, nas áreas florestal e industrial, e movimentando toda a cadeia econômica da região.

Sobre a Suzano

A Suzano é a maior produtora mundial de celulose, uma das maiores produtoras de papéis da América Latina, líder no segmento de papel higiênico no Brasil e referência no desenvolvimento de soluções sustentáveis e inovadoras a partir de matéria-prima de fonte renovável. Nossos produtos e soluções estão presentes na vida de mais de 2 bilhões de pessoas, abastecem mais de 100 países e incluem celulose; papéis para imprimir e escrever; papéis para embalagens, copos e canudos; papéis sanitários e produtos absorventes; além de novos bioprodutos desenvolvidos para atender a demanda global. A inovação e a sustentabilidade orientam nosso propósito de “Renovar a vida a partir da árvore” e nosso trabalho no enfrentamento dos desafios da sociedade e do planeta. Com 100 anos de história, temos ações nas bolsas do Brasil (SUZB3) e dos Estados Unidos (SUZ). Saiba mais na página https://www.suzano.com.br/.


Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Últimas Notícias

Veja Mais

Envie Sua Notícia

Envie pelo site

Envie pelo Whatsapp

Rede News MS © 2021 Todos os direitos reservados.

PROIBIDA A REPRODUÇÃO, transmissão e redistribuição sem autorização expressa.

Site desenvolvido por: