Campo Grande (MS), Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2022

TRÊS LAGOAS

Em Audiência Pública, Meio Ambiente apresenta resultado de estudos e projetos futuros para a Primeira e Segunda Lagoa

23/11/2022

17:00

ASSECOM

©DIVULGAÇÃO

O que vai acontecer na região da Segunda e da Primeira Lagoa? Esta dúvida foi esclarecida pela equipe da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Agronegócio (SEMEA) na Audiência Pública realizada ontem, terça-feira (22), no plenário da Câmara de Vereadores de Três Lagoas.

A Audiência trouxe ao público o esclarecimento sobre os Estudos de Concepção e Uso Futuro da região das duas lagoas mencionadas e as alterações que serão feitas na Lei do Plano Diretor nº 2.083/2006.

O biólogo da SEMEA e relator do Estudo, Flávio Fardin, conduziu a apresentação de todo o estudo feito em parceria com a empresa Houer Engenharia, passando pela história das três lagoas que dão nome à Cidade, da urbanização e criação dos bairros, os impactos das construções e dos crimes ambientais ao ecossistema local.

Atualmente as lagoas são abrangidas pela Unidade de Conservação (UC) Monumento Natural das Lagoas, porém ao inscrever a área junto ao Cadastro Estadual de Unidades de Conservação do IMASUL, o órgão não reconheceu a área como uma UC, devido ao alto grau de degradação encontrado no entorno, o que inviabiliza a aplicação de recursos de compensação ambiental na região.

Com a extinção da UC e criação de um parque urbano, algumas alterações na Lei do Plano Diretor Municipal se fazem necessárias, motivo da audiência pública.

COMUNICAÇÃO COM OS MORADORES

Desde o início da elaboração do estudo, a SEMEA procurou os moradores residentes na área da Primeira Lagoa para detalhar os projetos a serem desenvolvidos e os impactos sobre as propriedades. As famílias que serão impactadas com o projeto foram consultadas previamente.

PROJETOS FUTUROS

Conforme foi apresentado na Audiência, a proposta da Prefeitura de Três Lagoas é criar um parque urbano no entorno das duas lagoas, com áreas de convivência, lazer e práticas esportivas, preservando a fauna e a flora do local e ampliando ações ambientais com a participação dos cidadãos.

Além disso, alguns trechos passarão por mudanças como aberturas de ruas, obras de pavimentação e drenagem.
Ao final da apresentação, os palestrantes abriram espaço para o público interagir com perguntas, opiniões e considerações.

Fizeram parte da mesa de autoridades, o secretário Municipal de Meio Ambiente e Agronegócio (SEMEA), Mauro De Grandi, o Diretor do Escritório Regional do IMASUL em Três Lagoas, o Fiscal Ambiental Rafael Alex Barbosa, vereador Tonhão, Tenente Gabriel Gomes da Rocha da Policia Militar Ambiental.

Estiveram presentes a diretora de Meio Ambiente, Maysa Costa, diretora de relações institucionais da SEGOV, Silvania Bersani, vereadores Sargento Adriano Rodrigues, Davis Martinelli, Evalda Reis, Sayuri Baez e Sirlene dos Santos.


Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Últimas Notícias

Veja Mais

Envie Sua Notícia

Envie pelo site

Envie pelo Whatsapp

Rede News MS © 2021 Todos os direitos reservados.

PROIBIDA A REPRODUÇÃO, transmissão e redistribuição sem autorização expressa.

Site desenvolvido por: