Campo Grande (MS), Terça-feira, 04 de Outubro de 2022

DOURADOS

Governador assina ordem de serviço para duplicar “avenida da morte”

Governo do Estado vai investir R$ 28,5 milhões em obra na Coronel Ponciano, em Dourados

21/09/2022

17:25

HÉLIO DE FREITAS

Governador assina em Dourados ordem de serviço para obra na Coronel Ponciano ©Chico Ribeiro

O governador Reinaldo Azambuja assinou nesta quarta-feira (21) em Dourados (a 251 km de Campo Grande) a ordem de serviço da obra de duplicação da Avenida Coronel Ponciano. Com extensão de 4 quilômetros entre a Avenida Marcelino Pires e o trevo com a BR-163, a via ganhou o apelido de “avenida da morte” devido aos acidentes com vítimas fatais, principalmente de motociclistas.

Anunciada ainda em 2021, a obra vai receber investimento de R$ 28,5 milhões em recursos estaduais. O contrato entre o Estado e a empresa Engepar foi assinado no final de agosto após duas tentativas de licitação fracassarem por falta de interessados.

Reinaldo Azambuja assinou a ordem de serviço ao lado do prefeito Alan Guedes (PP) durante a inauguração da nova sede do DOF (Departamento de Operações de Fronteira), a Base Coronel Adib Massad, construída na margem da MS-156, no trevo com a BR-163.

“Já tem o dinheiro depositado numa conta porque a gente não começa obra se não tiver o dinheiro pronto para paga conforme o ritmo de andamento. Agora é torcer pro tempo ajudar e a obra deslanchar”, afirmou o governador ao chegar à nova base do DOF.

Ilustração mostra como vai ficar a Coronel Ponciano após a duplicação ©REPRODUÇÃO
Segundo a Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos de Mato Grosso do Sul), a empresa responsável tem 720 dias (24 meses) para concluir a obra.

Além restauração do asfalto, a via terá ciclovia e sinalização viária. A duplicação será da BR-163 até a Rua Palmeiras, em trecho de 2,7 km e o mais crítico da avenida. Da Rua Palmeiras até a Marcelino Pires, são 1.500 metros que serão revitalizados, mas nesse trecho não haverá duplicação por limitações técnicas.

Conforme o projeto, a obra terá 7633,79 metros de drenagem pluvial, 202 “bocas de lobo” e 2.156 metros quadrados de piso em concreto para 22 pontos de ônibus. Também estão previstos 103.365 metros quadrados de recomposição de pavimento.

Entre o viaduto com a BR-163 e a Rua Pedro Leite de Farias haverá canteiro central com ciclovia e marginais asfaltadas. Em frente à sede da prefeitura será feito alargamento da pista principal, com canteiro central e ciclovia na parte lateral.

Principal acesso à prefeitura, à UPA (Unidade de Pronto Atendimento), ao Detran, a dezenas de bairros e ao Núcleo Industrial, a Ponciano tem fluxo diário de pelo menos 20 mil veículos.

MS-156 – No mesmo ato, Reinaldo Azambuja inaugurou o novo sistema de iluminação da MS-156, que liga Dourados a Itaporã. Após três anos de escuridão, a via voltou a ficar iluminada, agora com lâmpadas de led alimentadas por energia solar.

Boa parte do trecho passa pela Reserva Indígena de Dourados, onde vivem pelo menos 18 mil pessoas. O Governo do Estado investiu R$ 4,2 milhões no novo sistema, que tem 730 luminárias com potência de 100 watts. A vida útil das lâmpadas é de 50 mil horas.

 


Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Últimas Notícias

Veja Mais

Envie Sua Notícia

Envie pelo site

Envie pelo Whatsapp

Rede News MS © 2021 Todos os direitos reservados.

PROIBIDA A REPRODUÇÃO, transmissão e redistribuição sem autorização expressa.

Site desenvolvido por: