Campo Grande (MS), Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2022

ELEIÇÕES 2022

Saiba quem são os sete novos deputados estaduais escolhidos em MS

Entre os novos candidatos eleitos, alguns já ocuparam cadeiras da Assembleia Legislativa, mas não atuam como deputado no momento

03/10/2022

17:00

MIDIAMAX

GABRIEL NEVES

©REPRODUÇÃO

Nas eleições realizadas neste domingo (2), eleitores sul-mato-grossenses escolheram os 24 deputados estaduais que irão compor a Assembleia Legislativa no próximo ano. Entre os nomes, cinco irão para o seu primeiro mandato, os outros 19 já ocupam cadeiras na casa de leis.

A lista inclui novos nomes, velhos conhecidos do eleitor e vários parlamentares que conquistaram novo mandato. A previsão é de que todos sejam diplomados até 15 de dezembro. A posse deve acontecer apenas em 1º de fevereiro de 2023, quando também deve ser eleita a nova Mesa Diretora.

Mara Caseiro foi a candidata mais votada, com 49.512 votos. Vale lembrar que a mesma já ocupa uma cadeira na Assembleia Legislativa de MS, pois era suplente do então deputado Onevan de Matos, que faleceu com covid-19. Com isso, essa é primeira vez que a candidata é eleita diretamente para o cargo.

Conheça os novos deputados leitos

Zeca do PT, eleito com 47.193 votos: nascido em Porto Murtinho, Zeca iniciou sua trajetória política como bancário, na década de 1980. Logo se integrou ao movimento que fundou o PT (Partido dos Trabalhadores) e, na mesma época, participou da criação da CUT (Central Única dos Trabalhadores).

Em 1990, Zeca se tornou o primeiro deputado estadual do PT eleito em Mato Grosso do Sul. Foi reeleito em 1994. Em 1996, disputou pela segunda vez a prefeitura de Campo Grande e foi vencido no segundo turno.

Em 1998 Zeca se elegeu governador de Mato Grosso do Sul e foi reeleito em 2002. Foi eleito vereador de Campo Grande em 2012. Em 2014, o então vereador foi eleito Deputado Federal por Mato Grosso do Sul.

Pedro Caravina (PSDB), eleito com 31.952 votos: nasceu em Presidente Prudente e ingressou na faculdade de Ciências Contábeis em 1988. Passou por empresas e se tornou Investigador de Polícia em 1990, quando trancou a faculdade para estudar Direito.

Em 2000, Caravina se tornou Delegado de Polícia Civil e foi transferido para Bataguassu, onde foi eleito prefeito em 2013 e reeleito em 2016. Durante o segundo mandato, foi eleito presidente da Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul), por duas gestões consecutivas.

Junior Mochi (MDB), eleito com 26.108 votos: nasceu em Itápolis, interior paulista. Foi funcionário público do Banco do Brasil e do Tribunal de Justiça em Fátima do Sul.

Pelo PMDB foi eleito e se reelegeu prefeito de Coxim em 1996 e 2000. Em 2002 conquistou o primeiro mandato de deputado estadual, reelegendo-se mais três vezes. Presidiu a Assembleia Legislativa duas vezes e em 2018 disputou para o Governo de Mato Grosso do Sul, mas não venceu.

Rafael Tavares (PRTB), eleito com 18.224 votos: empresário, passou a ganhar destaque ao organizar movimentos de apoio ao presidente Jair Bolsonaro, em Campo Grande concorreu ao cargo de vereador nas eleições de 2020, mas não foi eleito.

Pedro Pedrossian Neto (PSD), eleito com 15.994 votos: é economista graduado pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) e mestre em economia política pela PUC-SP. Já atuou como professor universitário.

Em 2014, foi secretário-adjunto da Seprotur (Secretaria de Desenvolvimento Agrário, da Produção, da Indústria, do Comércio e do Turismo) e, no mesmo ano, foi membro do Conselho de Administração do Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas).

Lia Nogueira (PSDB), eleita com 15.155 votos: atuou mais de 20 anos como jornalista em Dourados, passando por diversos veículos de comunicação. Com suas gírias singulares e jornalismo popular conquistou os ouvintes.

Nas eleições de 2016 foi eleita como suplente na Câmara dos Vereadores de Dourados. Dois anos depois, assumiu uma cadeira por nove meses. Nas eleições seguintes, em 2020 foi eleita vereadora em Dourados.

Roberto Hashioka (União), eleito com 13.662 votos: Engenheiro Civil, iniciou sua carreira profissional no Dersul (Departamento de Estradas de Rodagem de Mato Grosso do Sul) em 1981.

Foi reconhecido pela Abrinq como “Prefeito Amigo da Criança” e premiado como “Prefeito Empreendedor” pelo Sebrae Mato Grosso do Sul. Também foi premiado pelo Sebrae nacional como “Prefeito Empreendedor” com o “Melhor Projeto da Região Centro-Oeste”. Vencedor do 1º Prêmio “Mérito Brasil de Governança e Gestão Públicas”.

Diretor-presidente da Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos (2011-2012), também esteve à frente do Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito) entre setembro de 2017 e dezembro de 2018, além de ter atuado como secretário de Estado de Administração e Desburocratização do Governo do Estado de Mato Grosso do Sul (janeiro de 2019 a maio de 2020). De julho de 2021 a março de 2022, foi Secretário Especial de Relações Institucionais da Seinfra (Secretaria de Estado de Infraestrutura).

Candidatos reeleitos ou que já atuam na Assembleia Legislativa

  • Mara Caseiro (PSDB) — 49.512

  • Paulo Corrêa (PSDB) — 49.184

  • Jamilson Name (PSDB) — 43.435

  • Zé Teixeira (PSDB) — 39.329

  • Lídio Lopes (Patriota) — 32.412

  • Coronel David (PL) — 31.480

  • Pedro Kemp (PT) — 27.969

  • Lucas de Lima (PDT) — 26.575

  • João Henrique Catan (PL) — 25.914

  • Gerson Claro (PP) — 25.839

  • Londres Machado (PP) — 25.691

  • Antonio Vaz (Republicanos) — 19.395

  • Renato Câmara (MDB) — 17.756

  • Amarildo Cruz (PT) — 17.249

  • Neno Razuk (PL) — 17.023

  • Marcio Fernandes (MDB) — 16.111

  • Rinaldo Modesto (Podemos) — 12.800

Para acompanhar as propostas já apresentadas e atuação dos candidatos reeleitos para a Assembleia Legislativa de MS (clique aqui) e escolha o candidato desejado.


Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Últimas Notícias

Veja Mais

Envie Sua Notícia

Envie pelo site

Envie pelo Whatsapp

Rede News MS © 2021 Todos os direitos reservados.

PROIBIDA A REPRODUÇÃO, transmissão e redistribuição sem autorização expressa.

Site desenvolvido por: