Campo Grande (MS), Terça-feira, 04 de Outubro de 2022

NAVIRAÍ

Equipe da Escola Sesi de Naviraí fatura três prêmios no Festival Internacional de Robótica no RJ

08/08/2022

09:15

ASSECOM

©DIVULGAÇÃO

A equipe TechVikings, da Escola Sesi de Naviraí, conquistou três prêmios no Festival Internacional Sesi de Robótica, disputado no último fim de semana no Rio de Janeiro. Na bagagem, o time volta para casa com os troféus de “Highest Rookie Seed Award” (equipe estreante melhor colocada na fase classificatória), “Industrial Design Award” (desenho industrial) e de segundo colocado no Desafio da Aliança.

O festival reuniu quase 90 equipes do Brasil e de outros 36 países, em uma mistura de cultura, amizade e experiências. A modalidade em disputa pela TechVikings é a FIRST Robotics Competition (FRC), em que robôs gigantes, com até 55 quilos, devem cumprir várias missões em uma arena.

Estudo, suor e lágrimas: essa foi a rotina dos integrantes da TechVikings, única equipe representante de Mato Grosso do Sul no torneio internacional. A aluna Maria Eduarda Santos Castriani descreveu a sensação após a conquista dos troféus. “Após muito estudo e muitas horas de treino, até mesmo durante as férias, conseguimos esse prêmio! Sei que foi resultado do esforço que toda a equipe fez. Nossos pilotos são incríveis, nossa mecânica também! Sem todo esse esforço, não estaríamos aqui”, disse.

A TechVikings é formada pelos alunos Ana Carolina Rodrigues, André Luís Ferreira Cardoso, Guilherme Augusto de Lima, João Eduardo Lima Ruiz, José Gabriel Siqueira Braga, Maria Eduarda Santos Castriani, Nicole de Barros Fernandes, Pedro Henrique Granzotti Scudeler, Rafaela Farias Teixeira da Silva e Vitor Madeira Lorençone. O assessor de tecnologias educacionais do Sesi, Fabio Sousa, atuou como árbitro no evento.

Essa foi a primeira participação da TechVikings em um torneio internacional de robótica. A diretora da Escola Sesi de Naviraí, Paula Nudimila de Oliveira Silva, descreveu como foi a trajetória da equipe, de Naviraí até o pódio no Rio de Janeiro.

“O início é sempre muito difícil, pois as pessoas demoram a acreditar do que somos capazes. O robô foi criado com materiais reutilizados, como resíduos de construção, ferro, madeira e alumínio. Já os equipamentos elétricos e outros kits específicos foram patrocinados pelo departamento regional do Sesi, com apoio do nosso superintendente Régis Borges. Tivemos pouco tempo de treino, mas tudo foi feito para e pelos alunos. O resultado disso o mundo pode ver. Nossos alunos deram um show em força, foco, fé e determinação”, comemorou a diretora.


Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Últimas Notícias

Veja Mais

Envie Sua Notícia

Envie pelo site

Envie pelo Whatsapp

Rede News MS © 2021 Todos os direitos reservados.

PROIBIDA A REPRODUÇÃO, transmissão e redistribuição sem autorização expressa.

Site desenvolvido por: