Campo Grande (MS), Quarta-feira, 24 de Abril de 2024

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA

Apoio Urgente à Agricultura em Mato Grosso do Sul!

28/02/2024

12:00

ASSECOM

©DIVULGAÇÃO

Na sessão plenária desta quarta-feira, 28, o deputado estadual Junior Mochi encaminhou uma indicação à Ministra do Planejamento, Simone Tebet, e ao Ministro de Estado de Desenvolvimento Agrário e Agricultura Familiar, Luiz Paulo Teixeira Ferreira, solicitando a implementação de medidas urgentes relacionadas ao financiamento agrícola no Estado de Mato Grosso do Sul.

Essas medidas incluem o PRONAF, PRONAMP e FCO, operacionalizados por instituições financeiras públicas e privadas.

A solicitação feita por Mochi é uma resposta ao ofício encaminhado pela FAMASUL (Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul) e Aprosoja – MS (Associação dos Produtores de Soja de Mato Grosso do Sul) ao gabinete do parlamentar.

De acordo com Mochi, a produtividade agrícola está projetada para sofrer uma queda significativa de 13,5% na produção, acompanhada de uma redução de aproximadamente 35% nos preços da soja e do milho e outras commodities. Essa diminuição, aliada à queda geral nos preços das commodities, coloca os produtores em uma situação delicada, afetando sua capacidade de pagamento e comprometendo a economia do Estado.

As duas entidades que representam o setor produtivo cientes dessa realidade solicitam a prorrogação, por pelo menos seis meses, das parcelas da modalidade de custeio que estão prestes a vencer. Essa medida visa garantir que os produtores tenham condições de custear as próximas culturas sem inviabilizar sua produção. Além disso, também é solicitada a prorrogação para o final do contrato das parcelas da modalidade de investimento, com o objetivo de minimizar o prejuízo sobre o capital de giro dos produtores.
Mochi reforça a importância do atendimento da solicitação em prol dos produtores do Estado. “A implementação dessas medidas é fundamental para assegurar a sustentabilidade da atividade agrícola em nosso Estado e evitar impactos negativos ainda maiores na economia de Mato Grosso do Sul" finalizou.


Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Últimas Notícias

Veja Mais

Envie Sua Notícia

Envie pelo site

Envie pelo Whatsapp

Rede News MS © 2021 Todos os direitos reservados.

PROIBIDA A REPRODUÇÃO, transmissão e redistribuição sem autorização expressa.

Site desenvolvido por: