Campo Grande (MS), Sábado, 16 de Outubro de 2021

SAÚDE

Capital atinge 94% da população vacinada com a 1ª dose e registra 2 óbitos nas últimas 24h, diz secretário

Com relação as duas doses, o secretário ressalta que 70% da população campo-grandense já recebeu as duas doses. Números avançam para a "imunidade coletiva". Vacinação em adolescentes será mantida.

17/09/2021

11:53

G1 MS

GRAZIELA REZENDE

Secretário durante coletiva nesta sexta-feira (17) ©Redes Sociais/Reprodução

Campo Grande atinge, nesta sexta-feira (17), 94% da população vacinada com a primeira dose contra o novo coronavírus, segundo o Secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende. Nas últimas 24 horas, foram registrados 2 óbitos pela doença e os números avançam para a imunidade coletiva, ainda conforme a SES.

"Vamos chegar hoje, seguramente, com 94% da população vacinada em Campo Grande, quase 95%. Vamos atingir a chamada imunidade de rebanho, imunidade coletiva. Dos óbitos, tivemos dois, sendo que um destes casos é lá do mês de maio e foi encerrado ontem. Só que tivemos o contágio de 149 pessoas nestas últimas 24 horas e vamos torcer para que todas elas possam sobreviver", alertou Resende.

Com relação as duas doses, o secretário ressalta que 70% da população campo-grandense já recebeu as duas doses. No caso dos adolescentes, a SES ressaltou que vai manter a vacinação nos adolescentes, sendo que 170 mil já tomaram a primeira dose no estado.

"Enquanto tivemos outros municípios suspendendo a aplicação de doses em adolescentes, nós vamos continuar fazendo a imunização. É algo que a OMS [Organização Mundial da Saúde] preconiza, com e sem comorbidades. Outros órgãos da saúde brasileiros, como a Anvisa [Agência Nacional de Vigilância Sanitária] também preconizam e não há nenhum lugar no mundo em que estes fatos retrocederam", alegou o secretário.

Durante coletiva, nesta sexta-feira (17), ele ressaltou que mais de 60% dos nossos adolescentes já receberam doses no estado. "São quase 170 mil com a primeira dose e mais de 5 mil com a segunda dose. Não tivemos reações adversas...aqui iniciamos primeiro com adolescentes com comorbidades, depois privados de liberdade e depois os sem comorbidades", argumentou.

Nesta sexta-feira (17) a Capital também deve receber pouco mais de 90 mil doses. "Vamos receber hoje e distribuir hoje mesmo. Temos a decisão dos adolescentes que tomamos ontem, com especialistas nos orientando e temos ainda, nesse processo, os idosos como público prioritário dentro as várias prioridades que temos para avançarmos na imunização", explicou.

Sobre o número de óbitos, Geraldo falou que o número "flutua", porém, já é um quantidade que "mudou radicalmente", assim como a média móvel. "Eu gostaria de anunciar, brevemente, o momento em que não terá nenhum óbito. Todos os dados mostram que o nosso processo de imunização está sendo vitorioso, um exemplo de competência e zelo para todo o país", finalizou.

Dos 149 casos registrados nas últimas 24 horas, temos 27 deles em Campo Grande, 19 em Dourados, 8 em Sidrolândia, 5 em Cassilândia, 2 em cada um dos municípios de Angélica, Coronel Sapucaia e Coxim, além de um caso em Aquidauana e Paranhos, entre outros dados.

***


Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Últimas Notícias

Veja Mais

Envie Sua Notícia

Envie pelo site

Envie pelo Whatsapp

RedenewsMS © 2021 Todos os direitos reservados.
PROIBIDA A REPRODUÇÃO, transmissão e redistribuição sem autorização expressa.

Site desenvolvido por: