Campo Grande (MS), Quarta-feira, 08 de Fevereiro de 2023

FRONTEIRA

Homem é executado por pistoleiros na fronteira, o quarto em seis dias

Garagista com antecedentes por tráfico foi morto no bairro BNH, em Ponta Porã

27/09/2022

16:29

CAMPOGRANDENEWS

HÉLIO DE FREITAS

Caminhonete de Lucidio crivada de balas e o corpo dele caído na rua

Garagista com antecedentes por tráfico de drogas foi morto por pistoleiros na tarde desta terça-feira (27) em Ponta Porã, cidade a 313 km de Campo Grande e separada por uma rua do território paraguaio. É a quarta execução registrada na região em seis dias. As outras três foram em Pedro Juan Caballero, no Paraguai.


Lucidio Felipe Speroni foi morto ao lado de uma caminhonete Ford Ranger prata, na Rua Artur da Silveira, no bairro BNH. Ainda não há detalhes de como o crime ocorreu, mas a caminhonete ficou crivada de balas e Lucidio morreu ao lado da porta do motorista, caído no asfalto.

Em dezembro de 2018, Lucidio Speroni e outros dois homens foram acusados de tráfico de 200 gramas de maconha e 4 quilos de cocaína encontrados em uma casa na Vila Santa Ana, em Ponta Porã. Ele e um dos outros acusados fugiram quando os policiais chegaram e se apresentaram depois.

Na casa, os policiais também encontraram três maletas vazias de pistola Clock 9 milímetros, balança eletrônica, máquina de embalar a vácuo, produtos usados para empacotar droga e caderno com lista de movimentação financeira. Condenado, Lucidio recorreu ao TJMS negando envolvimento com o tráfico, mas o recurso foi indeferido.

Segundo o sistema de consulta processual do TJMS, ele também foi réu por crimes de receptação e porte ilegal de arma na comarca de Ponta Porã. 


Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Últimas Notícias

Veja Mais

Envie Sua Notícia

Envie pelo site

Envie pelo Whatsapp

Rede News MS © 2021 Todos os direitos reservados.

PROIBIDA A REPRODUÇÃO, transmissão e redistribuição sem autorização expressa.

Site desenvolvido por: