Campo Grande (MS), Quinta-feira, 09 de Dezembro de 2021

Policial

Pai é preso acusado de estuprar filhas de 12, 14 e 15 anos em MS

Mulher conseguiu fugir e denunciar o caso à polícia para salvar as filhas

24/11/2021

10:30

MIDIAMAX

THATIANA MELO

©ILUSTRAÇÃO

Acusado de estuprar as três filhas menores de idade, operador de máquinas de 48 anos foi preso em flagrante pela Polícia Militar na cidade de Bonito, a 297 quilômetros de Campo Grande. Os crimes ocorriam há cerca de dois anos, segundo a denúncia. O pai chegou a deixar marca de "chupão" no seio da filha mais nova, de 12 anos, e falava que seria o primeiro homem a ter relação sexual com as vítimas.

Após passar dois anos vendo as filhas estupradas pelo marido, um operador de máquinas de 48 anos, uma mãe conseguiu fugir e denunciar o homem no último dia 17 deste mês à polícia em uma cidade de Mato Grosso do Sul. O homem passou por audiência de custódia no dia 19 e permanece preso.

A prisão aconteceu após a mãe não suportar mais ver as filhas serem abusadas. Na ocasião, ela viu uma oportunidade de fugir, já que o marido havia pedido para ela buscar cerveja e ela saiu junto da adolescente de 12 anos, aproveitando para ligar para a polícia, que foi até a casa, prendendo o operador de máquinas em flagrante.

As meninas de 12, 14 e 15 anos prestaram depoimento especial e relataram que eram estupradas desde os 12 anos, e que o pai sempre dizia que "tinha de ser o primeiro homem delas". O homem abusava das meninas e as levava para a varanda para assistir filmes, trancando a esposa dentro da casa.

Ainda segundo os relatos das vítimas, o homem chegava a falar “o pai faz de tudo para vocês, e não merece?”. O irmão das garotas disse em depoimento especial que já havia flagrado o pai abusando delas, mas que todos eram ameaçados de morte, caso revelassem alguma coisa.

Quando preso e em depoimento, o operador de máquinas chegou a confirmar os estupros, mas ainda culpou a própria esposa, que o denunciou, pelos estupros. Ele disse que ela quem pedia para que ele 'tirasse a virgindade' das filhas. A mãe das garotas já havia registrado um boletim de ocorrência contra o homem por violência doméstica.

***


Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Últimas Notícias

Veja Mais

Envie Sua Notícia

Envie pelo site

Envie pelo Whatsapp

RedenewsMS © 2021 Todos os direitos reservados.
PROIBIDA A REPRODUÇÃO, transmissão e redistribuição sem autorização expressa.

Site desenvolvido por: