Campo Grande (MS), Domingo, 03 de Julho de 2022

AMPLA VISÃO

Eleições:  muita vaidade e poucas propostas

21/04/2022

18:42

MANOEL AFONSO

NOVO OLHAR: Cabeça iluminada, o escritor e publicitário Henrique Medeiros, atual presidente da nossa Academia de Letras, seduzido pelo desafio de disputar o Senado no Partido Verde. Um mergulho nas águas turvas das eleições que lhe dará subsídios para entender o intrigante jogo pelo poder. Henrique segue o mestre Fernando Pessoa, segundo a qual ‘ousar é preciso’.   

A DIVERSIDADE de candidatos é estimulante. Após 39 anos na Globo, viajado por 115 países, coberto 8 guerras, 8 Copas do Mundo, 10 Olimpíadas e várias tragédias, Marcos Uchoa filiou-se ao PSB carioca e será candidato a deputado federal. A sua visão oceânica engrandeceria o nosso parlamento, mas que é diferente da Dinamarca por exemplo. Mas primeiro - ele precisa se eleger. Aí é que a porca torce o rabo!

AQUIDAUANA: Leitor confesso da coluna, o prefeito Odilon Ribeiro (PSDB) convida-nos para um café amigo em seu gabinete. Filho do lendário Tico Ribeiro, veterinário, (3 vezes prefeito e deputado federal) Odilon foi reeleito com 73,33% dos votos derrotando Viviane Orro (PSD) esposa de seu sobrinho – deputado Felipe Orro (PSD). Aquidauana é incomparável em matéria de política.

RAÍZES DE AROEIRA: Precisamos conhecer o passado para entender o presente. Tico Ribeiro era neto do coronel Jejé (José Alves Ribeiro), filho de José Alves Ribeiro, intendente geral de Aquidauana entre 1925/27. Enfim, família de ilustres, entre eles seu avô materno Pedro Celestino, seu tio Fernando Corrêa da Costa – ex-governadores do Mato Grosso e a prima deputada Tereza Cristina – ex-ministra da agricultura.

‘BRILHANTES’:   A vereança atiça nosso humor. Em Sobral (CE) sugerida a construção do ‘Muro das Lamentações’ e a réplica do World Trade Center; em Santa Maria (RS) a proposta prevendo multa aos cachorros que latissem após as 22,00 horas; em Nova Iguaçu (RJ) a construção de banheiros para gays e travestis nos espaços públicos; em Porto Alegre a obrigatoriedade do uso de fraldas pelos cavalos. Enfim, é o que temos.

DEPUTADOS & AÇÕES: Paulo Corrêa (PSDB): pede mais 5 mil vagas de CNH gratuita a motociclistas; declara de utilidade pública o Lar Alternativo São José em Nova Andradina; falou na entrega de maquinários pelo Governo aos pequenos agricultores. Zé Teixeira (PSDB): autor do projeto incentivando atitudes nas cidades para proteger e melhorar as relações com os autistas; atento ao cronograma de reformas do prédio do legislativo.  Lucas de Lima (PDT): tramita nas comissões de mérito seu projeto ‘Cultura Cidadã’, incentivando adoção por empresas com responsabilidade social, de bibliotecas, museus, teatros e outras fontes de cultura. Evander Vendramini (PP): em trâmite, aprovado pela CCJR, seu projeto estabelecendo diretrizes ( campanhas educativas) destinadas à inclusão social de pessoas com nanismo. Barbosinha (PP): relatou suas ações na Unale para desburocratização da aplicação de recursos do Fundo Nacional Antidrogas para as policias estaduais. Tendo sido Secretário nesta área conhece bem os meandros da segurança pública.

PROPOSTAS: Imprescindíveis aos candidatos. Advogado Marcelo Salomão tem pautas atuais se eleito deputado estadual. Professor universitário, ex-superintendente do Procon, de olho na revisão das custas processuais, das taxas cartoriais e na formação de estoque regulador de produtos básicos da cesta básica nos moldes da Conab, mas respeitando, é claro, a liberdade de mercado.

REVIRAVOLTA? Ex-deputado amigo analisa as chances de Bolsonaro. Cita a economia gerando empregos, a Bolsa em alta e a chance de mostrar na TV suas obras ignoradas pela mídia. Destaca ainda os ganhos na janela partidária atraindo parlamentares com influência nos prefeitos e vereadores. Por fim critica o discurso esquerdista de Lula, a união com Geraldo Alckmin (PSB) e seus duvidosos ganhos eleitorais.  

COMPARANDO: Com área de 2.780.000 kms² e 45 milhões de habitantes, a Argentina possui tem 2.278 municípios, 23 províncias, além de Buenos Aires. A Câmara tem 257 deputados com mandato de 4 anos (50% renovado a cada 2 anos) e 72 senadores com mandato de 6 anos (1/3 renovável a cada 2 anos). A Grande Buenos Aires possui 13 milhões de habitantes. O país tem a maior taxa de alfabetização (99%) da A. do Sul.

BOM VIZINHO: Já o Uruguai com seus 3,5 milhões de habitantes (1,7 milhões em Montevidéu) tem área de 173 mil kms² e 19 departamentos totalizando 407 municípios.  A Câmara Federal conta com 99 deputados e o Senado com 31 membros. Nas duas casas o mandato é de 5 anos e o sistema de governo é o presidencialista.  O país tem a 2ª. taxa (98%) de alfabetização do continente.

REFLEXÃO:  “Sempre ouvi a máxima de que “política e futebol não se discutem”...( ) ...é crescente a polarização de ideias no âmbito das redes sociais...( )...Assim devemos evoluir para que haja conscientização de que não podemos torcer para determinado político cegamente, como se torce para time de futebol...( )...Campeonatos temos vários, todos os anos. O futuro é logo ali e a vida é uma só”. (Gustavo Calmon Holiday)

AÇÕES & DEPUTADOS:  Amarildo Cruz (PT): Segue em tramitação pelas comissões seu projeto denominando de Ministro Waldir dos Santos Pereira e de Dionísio Antônio Vieira, respectivamente, trechos das rodovias MS-010 e MS-244.  Neno Razuk (PL): autor do Projeto Vida Animal estimulando a criação e manutenção de bancos de sangue veterinários de animais domésticos; envolvido nas questões indígenas fala da importância das políticas públicas para proteger mais de 80 mil índios no MS.   Antonio Vaz (REP): autor de projeto prevendo a disponibilização de exemplares da Bíblia Sagrada nas unidades de ensino do Estado; atento a vacinação contra o Covid e a Influenza. Mara Caseiro (PSDB): cobra sinalização na MS-080 (Corguinho-Campo Grande); pede reforma do Posto de Saúde da aldeia indígena Cerrito em Eldorado;   Marçal Filho (PP): pede ajuda do Governo Estadual para recapear várias ruas importantes de bairros periféricos populosos de Dourados; em conexão permanente com lideranças comunitárias de Dourados.

A CAÇADA:  Através de filmetes exibidos na televisão os partidos tentam atrair eleitores à filiação e consequente disputa nestas eleições. Sim, são ações que fazem parte do jogo democrático representando todos os segmentos da sociedade. É hora de repetir o chavão: “ Quando os bons se omitem, acabam sendo governados pelos despreparados ou desqualificados”.

“VAI ENCARAR?”  Tenho feito essa pergunta a vários personagens de reconhecida qualificação moral e profissional – que em tese podem com seus conhecimentos e ações serem úteis à sociedade através da política. Cada qual ao justificar a negativa, expõe seus motivos. A principal delas é o conceito ruim da classe política ‘graças’ aos escândalos de corrupção.

CONCLUSÃO:  Apesar do eleitor ser uma caixa preta - a renovação nas assembleias, câmara federal e senado não deve ocorrer por vários motivos. É que os atuais parlamentares (estaduais e federais) levam vantagens: já tem estrutura partidária-funcional e usufruem de enorme visibilidade na mídia nas mais diferentes situações. Quem viver, verá!

A APOSTA:   Cada um dos 4 principais pré-candidatos a governador com sua estratégia de campanha. Eduardo Riedel (PSDB), por exemplo, depositando suas fichas estratégicas no municipalismo graças as ações do Governo Estadual nas cidades – em atendimento as reivindicações do Executivo e Legislativo. Seu cabo eleitoral mor, governador Reinaldo Azambuja (PSDB) empenhadíssimo no projeto.

LEGISLATIVO & AÇÕES: Lídio Lopes (Patri): Ativo nas sessões do parlamento; continua sendo o elo entre o Governo e os reclamos de prefeitos, vereadores e entidades de dezenas de municípios.  Gerson Claro (PP): aprovado seu projeto que homenageia ex-defensor público em Paranaíba; pede a Sanesul obra de saneamento na via de acesso ao Frigorífico Balbinos, em Sidrolândia. Pedro Kemp (PT): Apelou à prefeitura de Campo Grande para restabelecer o transporte aos  pacientes do Cotolengo para não prejudicar o tratamento dos mesmos; vigilante das causas sociais. Paulo Duarte  (PSB): Atuante nas sessões virtuais inclusive da Comissão de Constituição e Justiça e recolhendo dados  técnicos da venda Vale de Corumbá e que muito interessa ao Estado.  Capitão Contar (PRTB): pelos relevantes serviços prestados nestes 17 anos foi homenageado pelo  Exército Brasileiro através do Comandante Militar do Oeste, Gal. Anísio Davi de Oliveira Jr.

PUCCINELLI: Sua última eleição foi em 2012 vencendo Zeca do PT com 55,99% dos votos contra 42,49% dos votos do petista e 1,50% de Nei Braga (PSOL). Naquele pleito André foi reeleito no cenário polarizado pela candidatura presidencial de Dilma Roussef (PT) e José Serra (PSDB) que venceu no MS por 127.022 votos (55,13% a 44,87%). De volta ao cenário ele vem liderando as pesquisas até aqui.

MARCOS TRAD:  Sua renúncia do cargo de prefeito da capital é vista como um ato de coragem e muita confiança no seu projeto de chegar ao Governo Estadual. Ao seu estilo conhecido tem ido de encontro aos mais diferentes segmentos políticos na tentativa de agregar apoiamentos. É visto inclusive pela direção nacional do PSD como uma grata liderança.

ROSE MODESTO: Nas últimas disputas eleitorais ela vem se firmando de forma crescente no cenário político e ocupando assim espaços consideráveis. Sua postura tem servido de inspiração inclusive as mulheres desejosas de participar da vida pública partidária. Seu discurso agrada, rompe barreiras. Os números das pesquisas mostram isso.

PONTO FINAL:  O mal do mundo é que Deus envelheceu e o Diabo evoluiu. (Millôr Fernandes)

 

 

 

 

 

 

 


Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Últimas Notícias

Veja Mais

Envie Sua Notícia

Envie pelo site

Envie pelo Whatsapp

Rede News MS © 2021 Todos os direitos reservados.

PROIBIDA A REPRODUÇÃO, transmissão e redistribuição sem autorização expressa.

Site desenvolvido por: