Campo Grande (MS), Quinta-feira, 09 de Dezembro de 2021

Turismo

Cidade Zigurats e BDM Digital são destaques no Especial MS 44 anos da TV Record

15/10/2021

10:00

ASSECOM

©DIVULGAÇÃO

A Cidade Zigurats e o BDM Digital, que fazem parte do Ecossistema Dakila, foram destaques no Especial MS 44 anos da TV Record, programa jornalístico que foi ao ar no dia 11 de outubro em comemoração ao dia da divisão do estado e traz diversas reportagens mostrando os caminhos de transformação para o futuro de Mato Grosso do Sul.

Zigurats hoje é o segundo destino mais procurado no estado, atraindo turistas de todo o Brasil e outros países. Com cenários únicos, a Cidade que se encontra na região de Corguinho agora integra a rota turística Caminhos do Ipês.

E foi nessa cidade que nasceu o BDM, o dinheiro digital de Mato Grosso do Sul para uso no dia a dia. Basta fazer a conversão de real para BDM, acessar o QR Code disponível no estabelecimento e em segundos a compra está paga. No Brasil são 445 empreendimentos cadastrados, 240 em todo o Mato Grosso do Sul e em Campo Grande mais de 150 locais já utilizam o BDM Digital como pagamento.

O BDM Digital foi criado em Dakila Pesquisas, na Cidade Zigurats, e hoje já está expandido pelo mundo, inclusive com uma cotação superior a Libra.

Os turistas quando chegam em Zigurats, construída em um dos pontos mais altos da Serra de Maracaju, vão em busca de conhecimento e também de saúde e equilíbrio para o corpo e mente. Inclusive, muitos alegam que têm um sono reparador quando pernoitam na Cidade.

No especial da Record, o pesquisador Marcus Rigo encanta a equipe de TV mostrando o céu por meio do telescópio e também na explicação das pedras discóides que contém minerais diferenciados como a Cubanita e seriam capazes de estabilizar o campo biomagnético dos seres humanos.

Pesquisador Marcus Rigo mostra à jornalista Ellen Genaro as pedras discóides ©Print do Especial MS 44 Anos da TV Record

Muitos fenômenos podem ser encontrados na Cidade Zigurats em decorrência de sua localização, situada no paralelo que está a 19º a sul do plano equatorial da terra, um dos vórtices mais poderosos de energia. “Nós estamos em cima da malha eletromagnética e esse campo de energia facilita a manifestação de várias anomalias cientificas que podem ser comprovadas e outras que nos deixam uma interrogação”, diz Urandir Fernandes de Oliveira, presidente do Ecossistema Dakila.

Para expandir toda essa energia e comprovar cientificamente as informações, pesquisadores de Dakila criaram um monumento escalonado, conhecido à fora como Pirâmides que com certeza foram muito mais do que lugares para sepultura ou simplesmente templos religiosos e místicos como ensinado ao longo dos anos.

E não para por aí, a Associação Dakila Pesquisas já deu início às obras de outro monumento escalonado, dessa vez com 63 metros de base por 63 metros de altura que poderá ser vista do alto e do horizonte, antes mesmo de chegar até Zigurats. Este ousado empreendimento contará com centros de lazer, cultura e turismo. Abrigará museu, cinema, salas comerciais, salas temáticas e centro de convenções. E por se tratar de um grande gerador quântico, o Maior Monumento Escalonado possibilitará o desenvolvimento de pesquisas, a realização de experimentos e a produção de conhecimentos revolucionários.

Andamento da obra do maior monumento escalonado ©Silas Ismael

A energia eletromagnética vem em formato de onda, o monumento leva o nome de escalonado porque a energia vem saltando de degrau a degrau e quando chega no alto se expande e atinge de forma benéfica todas as pessoas em volta. Quanto maior o monumento, maior vai ser a expansão do campo. Essa energia chamamos de Taquiônica e ela atua na frequência de 3 Hertz, ligada ao pensamento e a consciência”, explica Urandir.

O Especial da Record também faz menção ao documentário de Dakila Pesquisas sobre a Terra Convexa, considerando-o como o mais ousado projeto e descoberta. Além disso, entrevistou moradores e pesquisadores que contam brevemente sobre suas experiências de vida em Zigurats.

Assista a matéria completa neste link.

***

 


Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Últimas Notícias

Veja Mais

Envie Sua Notícia

Envie pelo site

Envie pelo Whatsapp

RedenewsMS © 2021 Todos os direitos reservados.
PROIBIDA A REPRODUÇÃO, transmissão e redistribuição sem autorização expressa.

Site desenvolvido por: